Editor de vídeo: como se tornar um profissional de sucesso na área?

19.11.2018
categoria BLOG

Muitas são as pessoas que se aventuram no audiovisual, seja por lazer, por diversão, ou por necessidade, como na faculdade. Não é incomum que, em meio à curiosidade, você se apaixone por edição e pense em se tornar um editor de vídeo.

Com o crescimento dos vídeos na internet, por exemplo, tem aumentado a procura, principalmente por parte das empresas, por um editor de vídeo profissional e capacitado.

Os vídeos chamaram a atenção das marcas por sua ampla capacidade de retenção de público e por serem atraentes visualmente.

No entanto, se produzidos com amadorismo, podem até mesmo depor contra a imagem da marca. Por isso, para investir nessas mídias, é necessário ter o capricho de um editor de vídeo.

Para comparar, o sucesso do cinema, das novelas e dos comerciais não se limitam apenas à atuação dos atores.

O conteúdo que emociona é fruto de um trabalho apurado do editor de vídeo, profissional fundamental para a boa finalização de uma gravação.

Assim sendo, se você sonha em brilhar na carreira de editor de vídeo, continue a leitura e entenda como se desenvolver!

O que faz um editor de vídeo?

Ser um editor de vídeo não é só saber operar softwares de edição, mas, principalmente ter um olhar apurado para todos os detalhes de uma cena.

O editor de vídeo é o principal responsável por “lapidar” a produção, fazendo com que o espectador se envolva, fique com as emoções afloradas e entenda a mensagem.

Na prática, é o profissional que recebe o material bruto - ou seja, a gravação conforme foi feita na câmera - e trabalha na sua aprimoração.

Ele tira as falhas, corta excessos, ajusta a estrutura e monta a sequência de cenas de forma que o filme tenha continuidade e sentido.

Quando você assiste um filme, por exemplo, é possível notar que toda a produção é feita de cenas. Mas nem todas foram gravadas com perfeição e de primeira!

Durante cada cena existem pequenos erros, falhas dos atores ou um eventual ruído. Mas isso, é claro, não significa que a equipe de gravação deve perder todo o trabalho.

Nesses casos, o editor de vídeo deve aproveitar o máximo das gravações, cortando o que deve ser eliminado.

Existe um perfil certo para ser editor de vídeo?

Não existe um perfil pessoal que determinará se você será um ótimo editor de vídeos. Mas é claro que criatividade e organização sempre caem bem!

Além disso, um editor de vídeo deve sempre buscar tem um amplo conhecimento em:

  • entendimento sobre roteirização;
  • estrutura narrativa;
  • um olhar artístico sobre a obra;
  • afinidade com as tecnologias de edição de vídeo.

Quais são os campos de atuação do profissional de edição?

Se tem uma vantagem de atuar como editor de vídeo é a variedade dos segmentos de atuação.

Além do clássico trabalho na TV e no Cinema, a publicidade e propaganda demanda muitos profissionais de edição, assim como agências de marketing digital.

Com a propagação e sucesso de redes sociais como o YouTube, diversas empresas também têm contratado editores para produzirem conteúdo audiovisual para estes canais, a fim de melhorar o engajamento com o público na internet.

Também podemos citar as empresas de comunicação em geral, como portais de notícias, sites e jornais, que também contratam este profissional.

Como se tornar um editor de vídeo de sucesso?

Agora que você já entendeu a relevância do trabalho de um editor de vídeo, é melhor seguir as dicas para ser um profissional de destaque em um mercado tão competitivo. Olha só:

1. Capacite-se nos melhores programas de edição

A principal ferramenta de trabalho do editor de vídeo é um bom software de edição. No mercado, há várias opções disponíveis, cada uma com suas particularidades e funcionalidades.

Conheça alguns dos mais famosos entre os profissionais de edição de vídeos:

Adobe Premiere

Um dos programas de edição mais renomados no meio, o Adobe Premiere é completo e com uma interface relativamente simples e de fácil aprendizado.

Integra a família Adobe, o que facilita ao trabalho por conta da sua integração com os demais programas de edição de imagem, como o Photoshop e o After Effects. Isso ajuda a otimizar o seu fluxo de trabalho.

O programa está disponível tanto para Windows quanto para Mac e pode ser testado gratuitamente nos 7 primeiros dias.

Final Cut

O Final Cut também tem como principais benefícios a interface e usabilidade, bem como a infinitude de recursos.

No entanto, não possui integrações como o Premiere. Logo, se você produzir uma composição no After Effects, primeiro terá que exportar o vídeo para usar no Final Cut.

Outra consideração importante é que este é um programa exclusivo para o Mac e, para utilizá-lo, é necessário comprar uma licença, sendo que os 30 primeiros dias são gratuitos.

Sony Vegas

O Sony Vegas é um software de edição de vídeos recomendado para produções muito variadas, desde vídeos simples, com poucos recursos, até outros bem elaborados.

A maior crítica para esse programa está em uma interface não tão intuitiva, o que pode ser um problema para iniciantes.

Disponível para Windows e Mac, o programa também é gratuito nos primeiros 30 dias de uso.

2. Nunca pare de aprender

O mercado de edição é muito rápido e estão sempre surgindo novidades na área. É essencial estar preparado para conhecer novas técnicas e novos programas.

Por isso não se contente em dominar um ou dois softwares e duas técnicas de animação. A sede por aprender deve ser constante em um editor de vídeo.

Além do mais, todos os softwares de edição citados acima são atualizados constantemente, com funcionalidades cada vez mais poderosas e surpreendentes. Ao mesmo tempo, novos softwares são lançados e também ganham seu espaço.

Assim, é fundamental conhecer todas as ferramentas, aumentando a sua produtividade e evitando a perda de serviços.

3. Amplie suas habilidades

Com o mercado de trabalho cada vez mais acirrado não dá para saber só de criação de vinhetas, só de efeitos visuais ou só de edições jornalísticas.

É necessário aumentar a sua empregabilidade para se destacar no mercado para, assim, conquistar melhores posições no mercado.

Um editor de vídeo pode se especializar na montagem de vídeos, mas pode também fazer um pouco de motion graphics, sabe tratar imagens decentemente e ser excelente em animações 2D.

4. Construa um bom portfólio

Um bom portfólio é como um cartão de visitas para o editor de vídeo. Logo, se você deseja conquistar bons jobs, é preciso organizar suas experiências anteriores da maneira mais encantadora para os seus possíveis clientes.

Para isso, o primeiro passo é selecionar os serviços de maior sucesso na sua carreira. Procure mostrar os trabalhos mais interessantes, que causem uma boa impressão.

Evite utilizar peças muito antigas, pois elas já não podem mais corresponder às suas habilidades e nível profissional.

Em cada conteúdo, explique qual foi a sua contribuição, pois transmite segurança para o contratante sobre a sua experiência. Além disso, seja muito honesto ao descrever suas competências.

Além do mais, um portfólio também é muito valorizado pela plataforma em que ele está hospedado.

Escolha entre as diversas plataformas adequadas para dar um ar profissional ao seu portfólio, como Vimeo e Behance. Você também pode organizar os vídeos em um blog de maneira ainda mais atrativa.

5. Tenha atenção às tendências

O editor de vídeo deve sempre se manter conectado com as tendências, conceitos e uso de tecnologias e plataformas.

Isso pode impactar diretamente em como vídeos são recebidos e melhorar suas performances com o público-alvo do cliente.

Além disso, fique de olho nas novidades sobre formatos, duração e outros recursos lançados pelas redes sociais, como o Youtube, o Facebook e o Instagram.

Trabalhar como editor de vídeo é ter uma carreira emocionante, uma vez que um trabalho criativo é capaz de impactar a vida dos seus clientes e dos clientes dele.

Mas, é sempre bom lembrar que para se destacar, você deve ser resiliente, interessado e buscar aprender coisas novas sempre!

Aqui na Impulso temos o orgulho de contar com uma equipe de editores de vídeo muito capacitados.

Trabalhamos com produção de vídeos institucionais, vídeos para a web, comerciais, animação 2D e mais.

Se você gostou de saber mais sobre a carreira de editor de vídeo e quer obter mais informações sobre o universo audiovisual, acesse o nosso blog.

Se você quer se aperfeiçoar na carreira de editor de vídeo, vai gostar de saber do novo curso da Impulso: entre os dias 03 e 06 de dezembro, estaremos oferecendo a Oficina de Montagem e Edição Audiovisual.

Serão quatro dias dedicados a discutir os processos práticos e teóricos da montagem e edição para diferentes plataformas, como televisão, cinema e internet, por meio do Adobe Premiere. Inscreva-se!

Oficina de Montagem e Edição Audiovisual

Escrito por:
Impulso Filmes

Quem leu esse artigo, leu também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *