Transmissão ao vivo: 10 dicas para fazer uma live de sucesso

20.11.2019
categoria Sem categoria

Se você deseja fazer seu negócio ou o do seu cliente crescer, é necessário considerar a relevância da transmissão ao vivo nas redes sociais, como Instagram, Youtube e Facebook.

Essa é uma das maiores tendências quando o assunto é marketing digital e um recurso ainda muito novo, com cerca de três anos de atividade.

Fazer uma transmissão ao vivo poderá alavancar os resultados da marca no ambiente online, uma vez que assim é possível alcançar os fãs existentes muito mais rápido.

Para se ter uma ideia, de acordo com o Social Media Today, as pessoas passam mais tempo assistindo vídeos do Facebook Live do que vídeos que não são ao vivo.

Assim sendo, você não pode deixar de usar essa mídia para trazer credibilidade e, quem sabe, fãs e clientes para a sua marca. 

Então fica ligadinho aqui que vamos apresentar 10 dicas para fazer uma transmissão ao vivo de sucesso nas redes sociais. Vamos lá?

Porque investir em uma transmissão ao vivo?

Além da rapidez com que o seu conteúdo irá atingir os seguidores por meio da live, há outros fatores para te convencer a investir neste formato hoje mesmo.

De acordo com o Facebook, transmissões ao vivo geram 10x mais comentários que um vídeo normal.

Isso porque as lives fazem com que o público se sinta especialmente perto de quem as transmite.

Para o usuário, é uma oportunidade única de se expressar em tempo real e obter uma resposta da marca ou pessoa que ele admira.

Já para a empresa, é como ter uma plateia aplaudindo e vibrando enquanto faz a transmissão. Como assim, Impulso?

Você já percebeu que no Facebook e no Instagram as mais diversas reações (as chamadas Live Reactions) literalmente saltam aos nossos olhos na telinha e rapidamente desaparecem? É disso que estamos falando! 

10 dicas para fazer uma live de sucesso nas redes sociais

Fazer uma transmissão ao vivo às vezes pode parecer uma ideia assustadora - afinal, são tantos equipamentos para adquirir e detalhes para prestar atenção.

Mas fique tranquilo! Para ajudar você, separamos 10 dicas incríveis para que tudo corra bem durante a sua live. Confira!

1. Faça um planejamento/roteiro da sua transmissão ao vivo

A organização de uma live é vital para não tornar o conteúdo cansativo e evitar erros durante a transmissão.

Dessa forma, elabore um breve roteiro com os assuntos que serão abordados.

Você deve anotar todos os pontos que deseja abordar durante sua transmissão ao vivo. Pode anotar em um papel ou até mesmo em seu celular. 

A construção do roteiro é uma das mais importante do processo de transmissão ao vivo.

É esse script que vai ditar o ritmo e a qualidade da sua live, já que por meio dele você define a ordem e o conteúdo que vai apresentar ao vivo. 

Assim é possível otimizar o tempo e deixar a transmissão mais dinâmica.

E antes da live entrar no ar, não se esqueça de repassar os conteúdos que serão abordados. 

Lembre-se, ainda, de que a maioria das pessoas não assiste à transmissão ao vivo do início ao fim. 

Por isso, o recomendável é reforçar a mensagem central da transmissão e regularmente apresentar a marca.

2. Aposte na pré-divulgação

Assim como em um evento presencial, o seu público precisa se programar para uma transmissão ao vivo.

Por isso, nas redes sociais, estabeleça uma agenda de divulgação da sua live, informando a audiência do dia, horário e assunto que será abordado.

A dica é publicar essas chamadas em momentos estratégicos, de acordo com os horários em que o seu público está mais ativo na internet.

Além disso, vale a pena investir em um formulário de inscrição para a sua transmissão ao vivo.

Com isso é possível mensurar quantas pessoas estão interessadas em assistir ao seu conteúdo.

Ter uma noção aproximada do público pode ajudar na preparação da transmissão e na organização do tempo. 

Portanto, construa um formulário simples e que exija poucos dados, como nome e e-mail dos usuários.

Busque disparar, em plataformas como MailChimp e RD Station, um lembrete da live para os usuários inscritos.

3. Agende a sua transmissão ao vivo

Assim que você tiver a data e horário que pretende fazer a transmissão ao vivo definidos, avise seus seguidores sobre isso. Alerte sua base de fãs, citando o dia e horário que você vai fazer a live.

No Facebook, por exemplo, existe a possibilidade de você agendar o início de uma transmissão ao vivo. 

Os seguidores da sua página vão receber um aviso e podem habilitar o recebimento de uma notificação, alertando-os minutos antes que sua live logo vai começar.

4. Tenha atenção para a qualidade do áudio, da imagem e do ambiente

É importante ter em mente que você não precisa de equipamentos profissionais e nem precisa focar no perfeccionismo. 

No entanto, é muito importante garantir que o seu celular, por exemplo, tenha uma qualidade boa de áudio e vídeo para oferecer conteúdo bem feito.

Se for gravar no celular, tente usar o microfone do seu fone de ouvido. Isso ajuda que a captação do som seja melhor.

O espaço deve ser clean, organizado e sem muitos elementos cenográficos que possam chamar mais a atenção do usuário do que o conteúdo que está sendo discutido.

5. Faça testes

Antes de entrar ao vivo, é importante realizar alguns testes para saber se o público pode ouvi-lo, se a qualidade de imagem está boa e se a iluminação está corretamente configurada.

Detalhes como esses devem estar totalmente alinhados antes de começar a transmissão. Afinal, corrigir esses erros ao vivo está fora de cogitação.

Interromper uma live por causa de falhas técnicas transmite uma imagem de amadorismo e falta de autoridade. Portanto, evite isso a todo custo!

6. Integre as redes sociais

Para aproveitar ao máximo as vantagens que a transmissão de eventos pode te oferecer, que tal usar mais de uma rede social ao mesmo tempo?

Há softwares que possibilitam fazer a live no Facebook, Instagram e Youtube simultâneamente. Esse é o caso do Streamyard

Ali é possível projetar seu conteúdo nas diferentes redes e garantir a participação do seu público onde quer que ele estiver online.

7. Cuidado com direitos autorais

Se você quer que a sua transmissão ao vivo seja um verdadeiro sucesso, tenha atenção aos direitos autorais da plataforma. 

Uma live que não está de acordo com as regras corre o risco de ser encerrada durante a transmissão.

Para evitar que isso aconteça, estude as diretrizes de direitos autorais das plataformas que for utilizar. 

Além disso, dê preferência por imagens e trilhas sonoras de livre utilização para não acarretar problemas posteriores.

8. Descreva o conteúdo com clareza

Na chamada da sua live, fazer um texto matador e que chame a atenção das pessoas é essencial. 

Assim você consegue fisgar um espectador que ainda não tenha ativado o áudio do seu vídeo, por exemplo.

Monte esse texto com clareza e com todas as palavras-chave necessárias para atrair a atenção. 

Organize a legenda pensando em chamar a atenção e deixando a curiosidade no ar – para que o seu seguidor tenha necessidade de assistir à sua transmissão ao vivo para sanar a dúvida. 

9. Faça perguntas poderosas e interaja com os usuário

Fazer perguntas poderosas para o convidado da live e para o público é essencial para garantir o engajamento da sua transmissão ao vivo. 

Afinal, você já parou para pensar como você puxa assunto com uma pessoa? É fazendo uma pergunta! 

E isso funciona ainda melhor se pensarmos nas redes sociais, um espaço onde as pessoas precisam conversar. 

Além disso, durante a transmissão, você pode perguntar diretamente ao seu público sobre questões técnicas, como:

  • Pessoal, como que tá o volume, como que tá o áudio?
  • A imagem da live tá boa, pessoal?

Esses são apenas dois exemplos simples que ajudam você a dialogar.

Além disso, ao longo da transmissão ao vivo, continue fazendo perguntas sobre alguns tópicos abordados. Se possível, leia algumas das mensagens no ar.

Lembre-se de quanto maior o engajamento, maiores as chances de se tornarem seguidores fiéis da marca.

10. Aposte em um bom título

Na hora de elaborar o roteiro da sua live, pense em um título chamativo. 

Ele deve indicar o tema da transmissão com criatividade e clareza para a sua audiência.

Além disso, muitas redes sociais utilizam o título e a descrição na hora de indicar os vídeos para os usuários. 

Aproveite para incluir palavras-chave nesses campos e aumentar a audiência.

Impulso iniciou sua nova fase com uma live especial

Com o lançamento da nossa nova identidade visual, aproveitamos a oportunidade para oferecer conteúdo de qualidade para as pessoas que acompanham as redes sociais da Impulso.

Por isso, investimos em uma transmissão ao vivo com o cineasta Emílio Domingos.

Emílio é cineasta, pesquisador e roteirista. Sócio-diretor da Osmose Filmes, dirigiu 10 curtas e os 4 longas-metragens documentários: 

  • “Favela É Moda” (em fase de finalização);
  • “Deixa na Régua” (2016);
  • “A Batalha do Passinho” (2013);
  • “L.A.P.A.” (2008). 

Ele realizou clipes de Marcelo Yuka, BNegão, Lucas Santtana, entre outros. Foi pesquisador em filmes como “Mistério do Samba” (2008) e “Pierre Verger” (2000). No momento roteiriza um documentário sobre Gilberto Gil. 

Você pode conferir a live gravada no nosso canal do Youtube. É um bom exemplo para colocar em prática as suas, o que acha?

Quer uma transmissão ao vivo mais profissional? Contrate uma produtora

Se você quer que, desde o princípio, as suas transmissões ao vivo sejam profissionais e impecáveis, considere contratar uma produtora de vídeo.

A produtora, além de oferecer equipamentos de qualidade, irá dar suporte quanto ao roteiro e a transmissão.

Assim, você garante que a live assistida pelo seu público seja um sucesso e converta em clientes e seguidores para a marca.

Aqui na Impulso, além de trabalhar com transmissão ao vivo, oferecemos serviços de comerciais, vídeos institucionais e animação 2D.

Se você está procurando uma boa produtora de vídeo para fazer uma transmissão ao vivo, conheça o nosso portfólio e solicite um orçamento!

Escrito por:
Impulso Filmes

Quem leu esse artigo, leu também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *