Vídeos de banco de imagens: vale a pena utilizar esse recurso?

06.08.2019
categoria BLOG

Não é segredo nenhum que os vídeos chegaram com tudo e hoje são indispensáveis para o marketing das empresas. Neste contexto, as equipes estão investindo.

Não é segredo nenhum que os vídeos chegaram com tudo e hoje são indispensáveis para o marketing das empresas. Neste contexto, as equipes estão investindo em vídeos de banco de imagens.

E todo designer, publicitário ou marketeiro sabe que não dá para sair fazendo peças online sem os devidos direitos autorais.

Sendo assim, os bancos de imagens, com fotos e vídeos, parecem a melhor alternativa para obter conteúdo de qualidade e com uso autorizado.

Um dado da Brightcove afirma que vídeos em redes sociais contam com 1200% a mais de engajamento do que texto e imagens combinados.

Mas, é importante ressaltar que, para gerar bons resultados e alta interação, toda imagem deve ser de alta qualidade – principalmente quando se trata de vídeos. Transmitir a identidade do seu negócio também é primordial!

Dessa forma, será que os vídeos de banco de imagens são uma boa alternativa para o seu marketing ou do seu cliente? Entenda!

Vídeos de banco de imagens de qualidade não são gratuitos

Para avaliar se os vídeos de banco de imagens valem realmente à pena, é preciso considerar os prós e contras dessas plataformas.

Primeiramente, é importante destacar que, dificilmente, bancos gratuitos irão oferecer muitas opções de fotos e vídeos e, principalmente, material de alta qualidade.

Ou seja, mesmo optando por não contratar uma produtora de vídeo, você terá que investir uma grana para contratar o banco de imagens.

É claro que, se comparado a uma produção de vídeo institucional, comercial e animação feitos por uma produtora, o custo é menor.

Mas, é importante lembrar, também, que são poucos os bancos de imagens que trabalham com pagamentos em real.

Na maioria das vezes, o pagamento é em dólar – que, até o momento em que esse arquivo foi escrito, custava R$ 3,80.

Por exemplo, o Shutterstock, um dos mais famosos bancos de imagens e vídeos cobra US$99 para que você possa consumir 50 imagens por mês.

Cuidado para não achar que você deverá investir R$ 100,00 para usar uma ampla quantidade de conteúdo audiovisual mensal.

Na realidade, o investimento seria de R$ 376,20 se convertidos para a moeda brasileira. Nesse caso, tenha atenção e avalie se o pacote cabe no seu orçamento.

A edição dos vídeos de banco de imagens é facilitada

Quando o assunto é facilidade de edição, os vídeos de banco de imagens saem na frente se comparados às produções mais elaboradas.

Isso porque, pensados em uma lógica online, eles já vêm editados, são mais curtos e envolvem outros recursos.

Enquanto isso, ao contratar uma produção mais elaborada, o trabalho com edição é maior – e, em geral, a equipe de marketing deverá esperar mais tempo para utilizar o vídeo.

Isso porque, as produções envolvem roteiro, filmagens, trato das imagens obtidas e mais.

Além disso, para produção de campanhas, às vezes você precisa de um trecho maior do que oferecido pelas imagens do banco, ou até mesmo um outro ângulo daquela mesma cena.

Dessa forma, uma produção audiovisual nova, exclusiva e autêntica irá te oferecer mais possibilidades de edição, ângulos e pontos de vista.

Escrito por:
Impulso Filmes

Quem leu esse artigo, leu também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *